Grupo de Apoio

Grupo de Apoio Ao Paciente Obeso Mórbido

A cirurgia bariátrica envolve aspectos que vão muito além de um estômago operado. Ela abrange tópicos que vão do lado psicológico a qualidade de vida do paciente e como tal estes mesmos aspectos têm influência no resultado final e no sucesso a ser alcançado. Assim, um dos pontos cruciais em que todo time bariátrico deve se envolver é a formação de um grupo que sirva a esta finalidade.

Explicando melhor, um grupo de apoio ou suporte em cirurgia bariátrica tem vários objetivos a alcançar:

  • Ser um lugar para confraternizar e aproximar os pacientes operados, os não-operados e os profissionais da equipe multidisciplinar.
  • Ser uma opção a mais para os pacientes (operados ou não) obterem informações a respeito da operação. Nela, os pacientes podem assistir explicações sobre a operação e perguntar aos diversos membros da equipe presentes sobre assuntos que ainda não estão bem certos ou entendidos.
  • Permitir a troca de experiência entre pacientes operados e não-operados. Esta última juntamente com as informações adicionais adquiridas e dúvidas esclarecidas servem como forte fonte de subsídios para a tomada de decisão de pacientes ainda não-operados com relação a se operar ou não. Também, pacientes que tenham problemas similares podem compartilhar soluções de forma que todos são beneficiados
  • Não menos importante: manter um alto nível de motivação entre os pacientes. Sabe-se que aqueles que participam ativamente das reuniões têm normalmente uma maior aderência às recomendações por se manterem mais motivados. Atividades em grupo como estas são sabidamente conhecidas por propiciarem uma fonte adicional de estímulo e motivação.
  • Conseguir através da participação o apoio de pais, cônjuges, parentes e amigos uma vez que nestas reuniões eles são estimulados a frequentar e assim compreender melhor o processo pelo qual poderão passar o paciente obeso mórbido.

No caso do nosso Grupo de Apoio ao Paciente Obeso Mórbido, as reuniões são mensais, na última terça-feira de cada mês, às 18:30h, no auditório do Hospital São Marcos. As reuniões são abertas ao público e costuma-se recomendar que os pacientes levem também seus familiares, amigos, cônjuges e quem mais quiserem pois nestas oportunidades estes poderão aprender e compreender vários detalhes a respeito da operação de obesidade mórbida e do processo pelo qual seus entes queridos poderão vir a passar.

As reuniões são organizadas da seguinte maneira:

  • Apresentação de cada um dos participantes, incluindo os membros da equipe multidisciplinar, os pacientes e seus acompanhantes
  • Explicação sobre a operação bariátrica, seus detalhes, suas vantagens e desvantagens
  • Palestras sobre outros temas relacionados, frequentemente ministrados por convidados
  • Seção aberta de perguntas e respostas, que podem ser feitas pelos participantes à equipe e a outros pacientes já operados

Ainda sobre este ponto tão importante para o processo da cirurgia bariátrica, podemos finalizar acrescentando que vários estudos científicos já foram realizados e comprovam que os pacientes que são frequentadores de reuniões deste tipo perdem mais peso que os outros. O motivo é fácil de identificar: pacientes que participam assiduamente do grupo de apoio mantêm-se sempre mais motivados.

Para visualizar uma apresentação modelo das reuniões do Grupo de Apoio, baixe o arquivo correspondente no link “Downloads“.

4 comentários sobre “Grupo de Apoio

  1. Sou de Uberlândia e gostaria muito de participar de um gropo de apoio assim como o seu, pois achei interessantíssimo e talvez eu tivesse ido para a minha cirurgia mais preparada.
    Mas acho que mesmo após tê-la feito (fiz dia 23/03/2012), seria muito bom para mim e meu esposo se fôssemos em reuniões assim.
    Só que não sei por onde começar a procurar aqui em Uberlândia, pois todos os lugares que procurei não sabiam de nada.
    Será que vocês têm alguma diretriz para mim de um grupo de apoio aqui?
    Agradeço.
    Luciane.

  2. Bom dia
    Estou na fase final dos exames para a realização da cirurgia bariátrica, informei ao médico que tenho lúpus; desde então mudou tudo, vou precisar de laudo do reumatalogista para liberação cirúrgica. Sinto dores nas articulações, acredito que com a perca de peso as dores irão diminuir, assim vou conseguir caminhar e praticar atividades físicas, atualmente tenho 93.300 kg e 1.64 altura. Toda programação mudou, infelizmente os consultórios dessa especialização São lotados e consultas marcadas a longo prazo.
    Gostaria de saber se o lúpus é um fator impedimpeditivo para realização da cirurgia bariátrica.

    Atenciosamente
    Renata

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s